"Conservar, melhorando"

Em Cuba, em 1959, um pequeno grupo de 12 jovens audaciosos, sobreviventes, aventureiros e idealistas, com o desejo tenaz da mudança em mente, embrenharam-se na Sierra Maestra para enfrentar, mal armados, o numeroso e bem equipado exército do ditador Batista. Ganharam a parada e entraram para o imaginário da geração de nossos pais, que perceberam que a mudança, mesmo em condições bem adversas, era possível.

 

 

Passados 49 anos, aqueles mesmos vencedores empenham-se na manutenção do poder e do cenário, numa absurda tentativa de congelar o tempo, bem ao revés de seus ideais de juventude. Parecem adotar uma máxima positivista do final do século 19, que se encontra incrustrada no obelisco numa praça de uma cidade meridional do continente sul-americano:

 

Conservar, melhorando.

 

Como isso seria possível? É a síntese da contradição. Ou se conserva ou se melhora! Yoani Sanchez, a blogueira cubana continua delicadamente a sua saga, apenas contando o que vê e o que lá se passa, o que os cubanos vivem verdadeiramente no seu cotidiano. Porisso foi premiada como a jornalista virtual mais importante de 2008, (na Espanha) e porisso foi impedida de viajar ao Exterior para receber o seu prêmio. Recebeu uma negativa oficial que informava que não poderia viajar.  A proibição  é imperativa e final: não viajará... mas contém uma ressalva que sugere uma nebulosa e improvável promessa ao futuro: ... neste momento.

 

 

Ah, então é isso... Conservar, melhorando.

 

tags:
publicado por ardotempo às 01:43 | Comentar | Adicionar