Aforismo Borgesiano - 20

Corpo

 

De alguma forma, alguém é o seu corpo.

Se o meu corpo tem medo, eu tenho medo;

se meu corpo chora, é porque estou triste;

se meu corpo se apaixona, é porque estou enamorado.

 

Em compensação, a palavra alma é tão vaga...

Será melhor substituí-la pela palavra consciência.

 

 

 

 

 

 

 

 

©Jorge Luis Borges / Borges Verbal, Emecê Editores – Buenos Aires  Argentina

 

 

publicado por ardotempo às 13:46 | Comentar | Adicionar