Poema inédito de Mariana Ianelli

 

 

Legião

 


 

As estátuas cobertas de hera

Os casulos debaixo da escada

O chão traidor, esverdeado

 

Mas ninguém se lembra

Que em outros tempos

Coisas minúsculas se agarravam

E cresciam atrás dos reposteiros

 

Toda uma orgia assim igual a essa,

De trepadeiras e crisálidas,

Um miasma de verdades escondidas

Que a seu tempo conquistaria tudo

Sob este sol das três da tarde

Rebentando, arremetendo

Sem mais fazer sombra pela casa.


 

 

 

© Mariana Ianelli, Legião, 2011 (Iluminuras)

 


 

 


 

publicado por ardotempo às 14:39 | Adicionar