Fósseis contemporâneos

Esculturas

 

 

 

 

 

 

 

Christopher Locke - Fósseis Contemporâneos - Techno - Esculturas em resina / pátina arqueológica (Estados Unidos), 2009

 

(Um dos problemas que infestam e contaminam mortalmente a Arte e a Arte Contemporânea, disseminando o caos, provocando equívocos e a incompreensão generalizada, é que existem milhões de pseudo-manifestações e "obras" atribuídas como artísticas que não o são. Tratam-se essas (que não são a fina metáfora criada acima pelo escultor norte-americano) dos legítimos fósseis secretos, os "produtos-múmias" em formato de telas, gravuras, esculturas e instalações realizados por falsos artistas, por não-artistas, por artesões-picaretas e que não passam de fórmulas decorativas, cópias, plágios, manipulações artesanais, bibelôs, arranjos ardilosos, lixo maquiado e contrafacções que confundem e demonizam o circuito da Arte (em todos os lugares) e destroem a percepção de propostas artísticas verdadeiramente inovadoras e originais, realizadas com talento, sensibilidade, honestidade intelectual e conhecimento profundo de pesquisa, no pensamento e no acabamento de sua elaboração artística - NE: ARdoTEmpo)

publicado por ardotempo às 16:14 | Adicionar