Epitáfio

















A frase mais irônica que conheço – talvez a mais insuperável das frases irônicas – é o epitáfio que Marcel Duchamp escreveu para si mesmo e que pode ser lido na lápide
de sua tumba:

D'ailleurs, c'est toujours les autres qui meurent.

Por outro lado, são sempre os outros que morrem.


Extraído de Paris não tem fim - Enrique Vila-Matas (CosacNaify, 2007)
publicado por ardotempo às 13:58 | Comentar | Adicionar