Vocação Literária

Enrique Vila-Matas cita Bukowsky:

A essa obstinação constante na busca da qualidade literária, cabem com perfeição algumas belas palavras de Bukowsky, que às vezes me parecem mais ser de Roberto Bolaño e que lembram o dom supremo que se esconde em toda autêntica vocação literária:

Se vai tentar, que o faça integralmente. Se não, será melhor que nem comece. Pode ser que perca a família, a mulher, as amizades, os trabalhos e até mesmo, a cabeça. Pode ser que não tenha o que comer em alguns dias, pode ser que se sinta congelando num banco de praça. Não importa. São provas de resistência para saber se é capaz. E você seguirá. Apesar das recusas e das incertezas, será melhor do que qualquer coisa que tenha imaginado. Você se sentirá na companhia dos deuses e as noites arderão em chamas. Vai cavalgar a vida inteira até encontrar a gargalhada perfeita. É a única batalha que vale a pena.

Enrique Vila-Matas, El País – 27.03.2008 
publicado por ardotempo às 23:03 | Adicionar