Cartas contam - LUIZ RUFFATO


CARTAS CONTAM TUDO
, devagar, aos poucos como quem nada conta, palavra
após palavra, data a data, a emoção crescente da revelação de que tudo se parece mas é individual, a nada se parece. Uma grande idéia, comovente, implacável... uma grandiosa homenagem. SIMPLES.
O singelo que vai se tornando denso porque toda vida é densa e insubstituível.

A história em testemunho escrito de um brasileiro, um homem comum, lutador em desvantagem como quase todos, a maioria esmagadora e esmagada no país das chances mínimas. Comovente, forte, uma história que não se fez, FEITA, intensa, contada nas zelosas e desarmadas cartas à mãe.







 DE MIM JÁ NEM SE LEMBRA
 Autor: Luiz Ruffato
 Editora: Editora Moderna - 104 páginas / 2007
 Literatura brasileira
 ISBN Nº  978-85-16-05410-6
publicado por ardotempo às 00:05 | Adicionar