Homem Descartado



Antony Gormley
é um artista escultor britânico que utiliza basicamente a figura humana, a  silhueta humana moldada (apresentada ou sugerida em perfis de aço córten oxidado, em pequenos segmentos de aço inox soldados, em linhas de cabos de aço enrolados como se fossem desenhos tridimensionais e, em sua série mais recente, fragmentos de aço em cubos encaixados e unidos) e o entorno, a paisagem (interna e externa) na qual ele incrustra suas esculturas e compõe as suas instalações, integradas aos ambientes, nas cidades, nos campos, dentro de florestas, nas praias e até mesmo parcialmente mergulhadas na água ou semi-enterradas.

Waste Man foi uma instalação construída na Inglaterra, ao longo de seis semanas em 2006, utilizando 30 toneladas de materiais rejeitados e descartados ao lixo (em Margate, UK).



















No monturo estavam formas de gesso para a fundição de bronzes e uma quantidade enorme de objetos abandonados como camas, mesas, assentos de vasos sanitários, estantes, cadeiras, armários, portas, até mesmo pianos inutilizados e que foram transformados numa grande escultura com 20 metros de altura, sob orientação e planejamento do artista.

Numa noite de verão, finalmente, a instalação pronta foi incinerada e ardeu por 32 minutos, numa impressionante fogueira, sob as vistas de uma pequena multidão, convidada a participar do evento.





















Waste Man,
Antony Gormley, escultura / instalação - 20 metros altura, 2006
publicado por ardotempo às 00:55 | Comentar | Adicionar