Poema de Vinicius de Moraes

 

O escândalo da rosa

 

Oh rosa que raivosa


Assim carmesim


Quem te fez zelosa


O carme tão ruim?



 

Que anjo ou que pássaro


Roubou tua cor


Que ventos passaram


Sobre o teu pudor



 

Coisa milagrosa


De rosa de mate


De bom para mim



Rosa glamourosa?


 

Oh rosa que escarlate:


No mesmo jardim!

 

 

Vinicius de Moraes

  

 

 

© Vinicius de Moraes – Antologia Poética 

tags:
publicado por ardotempo às 01:58 | Comentar | Adicionar