Quinta-feira, 14.04.11

Arquitetura com grandeza

Beleza e praticidade

 

O Aeroporto de Carrasco em Montevidéu é uma obra arquitetônica de espantosa beleza estética e proporciona grande conforto e eficácia a seus usuários.

É de autoria do arquiteto uruguaio Rafael Viñoly.

 

 

 

 

 

Custou a mesma coisa que a horrenda caixa de sapatos, o tedioso bloco quadrado de concreto, edulcorado com inúteis enfeites de vidrilhos azuis, o fracassado Aeroporto Salgado Filho, de Porto Alegre, inenarrável lição de erros de como não deve ser um aeroporto contemporâneo.

 

Aeroporto malconcebido esteticamente, ultrapassado e dramaticamente obsoleto em seus serviços, sorvedouro de recursos públicos e que submete os seus usuários a constantes desconfortos pelas suas exíguas instalações, carência de locais de estacionamento, ausência de serviços públicos de transporte e incríveis congestionamentos de passageiros, o que exigiu a reativação da múmia do terminal abandonado ao seu lado para dar auxílio de vazão ao projeto mal planejado.

 

É triste mas é o que nos toca nessa trilha de fracassos de administrações sem grandeza, sem talentos e sem espírito público. A beleza que se vê em Montevidéu poderia estar facilmente em Porto Alegre, mas preferimos escolher  sempre o muito ruim e o mais feio por conveniências de amizades e de compromissos políticos, em detrimento ao mérito e ao talento. Gastando o mesmo valor por algo que vale muito menos, em qualidade de acabamento, de espaço e de tecnologia.

 

 

 

 

O tempo está passando dia após dia e nada se faz pelos compromissos sociais assumidos para Copa do Mundo de Futebol de 2014.

publicado por ardotempo às 21:07 | Comentar | Ler Comentários (1) | Adicionar
Segunda-feira, 06.04.09

Brasília

Fotografia 

 

 

 

 

"Brasília é uma cidade e não é." - Alice Taroni

Citação relembrada e concedida ao blog ARdoTEmpo pelo Embaixador Guy Brandão, desde Brasília - 2009

Fotografia de Mário Castello

publicado por ardotempo às 23:33 | Comentar | Adicionar
Quinta-feira, 19.02.09

Alvorada

Fotografia 

 

 

Mário Castello - Palácio da Alvorada, Brasília - Fotografia - Projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer - Brasília, 2006

publicado por ardotempo às 16:30 | Comentar | Adicionar
Sábado, 17.01.09

O grande Museu do Sul

Museu Oscar Niemeyer - Curitiba

 

 

Museu Oscar Niemeyer - arquiteto: Oscar Niemeyer - Curitiba, Brasil - 2009

publicado por ardotempo às 18:46 | Comentar | Adicionar
Terça-feira, 30.12.08

Arquitetura de praia

Leveza

 

 

Arquitetura - Casa de praia em José Ignácio (Uruguay) - 2008

Fotografia de Mauro Holanda

publicado por ardotempo às 10:51 | Comentar | Adicionar
Quarta-feira, 24.12.08

Arquitetura - Oscar Niemeyer

Bienal de São Paulo (imagem interna) - Parque Ibirapuera SP

 

 

 

 

Arquitetura - Bienal de São Paulo (1954) - Fotografia de Mário Castello (São Paulo) 2008

publicado por ardotempo às 10:41 | Comentar | Adicionar
Segunda-feira, 22.12.08

Arquitetura - Oscar Niemeyer

Pórtico de entrada do Auditório Ibirapuera 

 

 

 

Arquitetura - Oscar Niemeyer - Fotografia de Pierre Yves Refalo (São Paulo) - 2008

publicado por ardotempo às 12:12 | Comentar | Adicionar
Domingo, 26.10.08

Arquitetura

Centro Georges Pompidou - Beaubourg 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Arquitetura - Renzo Piano - CNAC  Museu de Arte Contemporânea em Paris, França 

publicado por ardotempo às 17:25 | Comentar | Adicionar
Domingo, 19.10.08

Brasília

Fotografia de arquitetura

 

 

Fotografia - Mário Castello - Museu de Brasília - 2008 

publicado por ardotempo às 12:46 | Comentar | Adicionar
Domingo, 28.09.08

O museu ecológico de Renzo Piano

Arquitetura verde.

A cidade de São Francisco inaugurou o museu mais ecológico do mundo. A Academia de Ciências dos Estados Unidos apresenta o novo edifício desenhado pelo arquiteto italiano Renzo Piano. “Este museu é um presente para nossos filhos e para as próximas gerações”,declarou o arquiteto na cerimônia de inauguração.

O resultado é um misterioso edificio de vidro e teto ondulado em formato de colinas que parece ter brotado de forma natural do terreno do Parque Golden Gate, onde foi construído. Todo o telhado está coberto de grama, de plantas nativas e de flores. Este teto vivo cumpre a função de manter a temperatura estável e fresca no interior do prédio. Recolhe naturalmente quase toda a água que se utiliza no museu e determina uma reduzida utilização do sistema de ar condicionado, segundo o projeto original. O museu também usa células solares para geração de energia elétrica, o que suprirá cerca de 15% de sua demanda anual.


publicado por ardotempo às 16:48 | Comentar | Adicionar
Terça-feira, 09.09.08

Casa da Música

Arquitetura

 

 

 

 

Casa da Música - Projeto arquitetônico de Rem Koolhaas. Veja o vídeo

Porto - Portugal

publicado por ardotempo às 19:26 | Comentar | Adicionar
Terça-feira, 02.09.08

Arquitetura em Brasília

Fotografia

 

 

Mário Castello - Hotel em Brasília - Fotografia

publicado por ardotempo às 13:13 | Comentar | Ler Comentários (4) | Adicionar
Sábado, 16.08.08

Arquitetura, instalação e fotografia

 Intervenção no átrio do museu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Átrio da Fundação Iberê Camargo (arquitetura de Álvaro Siza Vieira), intervenção no espaço por Iole de Freitas, com lâmina curva translúcida de policarbonato, trespassada por cilindro de aço inox polido; fotografia do conjunto por Fábio Del Re. Porto Alegre, 2008

publicado por ardotempo às 00:57 | Comentar | Adicionar
Quarta-feira, 16.07.08

Pavilhão Serpentine

Arquitetura de Frank Gehry no Hyde Park, Londres

 

Em 2008 o arquiteto convidado é Frank Gehry  (autor do projeto do Museu Guggenheim de Bilbao, Espanha). Convidado para criar o pavilhão temporário da Serpentine Gallery, no Hyde Park, em Kensington Gardens, Londres (anteriormente ali já foram montados também os projetos de Oscar Niemeyer e de Álvaro Siza Vieira - sempre os convidados são arquitetos renomados que ainda não têm obras realizadas em Londres ).

 

 

O projeto de Gehry é uma estupenda estrutura em madeira, metal e vidro, encaixados como se fosse um puzzle. O arquiteto declara ter se inspirado nos desenhos das catapultas articuladas de Leonardo da Vinci e em parte, nos quiosques de praia.

 

O pavilhão temporário da Serpentine Gallery é concebido para os eventos musicais do Festival de Verão que ocorrem em Londres de julho a outubro. A inauguração ocorre no dia 19 de julho, com a apresentação do pianista, compositor e maestro Thomas Ades.

 

 

publicado por ardotempo às 15:42 | Comentar | Adicionar
Domingo, 13.07.08

Projeto de Museu em Portugal

Arquiteto Paulo Mendes da Rocha

 

 

 

O novo Museu dos Coches em Belém, um "pavilhão de exposição em cristal e aço", nas palavras do arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha (Prêmio Pritzker de Arquitetura 2006), estará pronto em outubro do próximo ano (2009). Até lá a coleção de carruagens antigas, coches de gala, berlindas e liteiras, que datam desde o século XVII ao XIX, pode ser admirada no mesmo local de sempre – no antigo Picadeiro do Palácio de Belém, em Lisboa.

Projeto do Museu Nacional dos Coches - Veja o vídeo-animação 

publicado por ardotempo às 18:53 | Comentar | Adicionar
Quinta-feira, 03.07.08

Memorial de Nova York

Arquitetura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Memorial de 11 de setembro - Projeto de Santiago Calatrava, em construção em Nova York no local que era ocupado anteriormente pelas Torres Gêmeas (World Trade Center), WTC 2008 

publicado por ardotempo às 22:28 | Comentar | Adicionar
Sábado, 03.05.08

Em homenagem ao poeta

Memorial

Wilfred Owen é um poeta muito conhecido e respeitado na Inglaterra, talvez como o poeta mais significativo sobre a 1ª Guerra Mundial.

Seus poemas, realistas, descrevem a brutalidade e o horror da guerra de trincheiras e dos ataques com gás tóxico. O poeta-soldado morreu metralhado em Ors, perto de Lille, na França, juntamente com toda a sua brigada, quando tentava atravessar um rio,
poucos dias antes da assinatura do Armistício.

Como a pequena cidade recebe muitos turistas ingleses que cultuam sua memória, decidiu-se construir uma espécie de centro cultural/memorial em sua honra, a Maison Forestière (Casa Florestal) que apresentará a sua obra literária, seus poemas, livros e fotografias. Haverá inclusive uma espécie de passarela com muros onde estarão os poemas gravados para serem lidos pelos visitantes.

Encarregou-se o arquiteto e artista Simon Patterson para o projeto. Ele afirma que o seu monumento deverá valorizar “os aspectos da contemporaneidade e da universalidade da obra do poeta inglês, que o seu projeto, ele mesmo, deve ser a própria obra.

Pode ser que seja assim mesmo, para quem estiver passeando pela passarela, entre os muros, lendos os poemas nas superficies, ao rés do chão. Porém, quando se olha o monumento de cima, à altura de vôo de pássaro (e ele será fotografado e apresentado também dessa maneira) percebe-se um outro formato.

Será que vocês vêem a mesma coisa que estou vendo?


publicado por ardotempo às 13:37 | Comentar | Adicionar
Sexta-feira, 21.03.08

Lina Bo Bardi - Arquiteto de gênio, criadora do MASP



Lina Bo Bardi, a grande "arquiteto" do MASP (ela gostava de ser chamada assim), criadora de uma arquitetura inovadora no espaço de seu museu - o de coleção mais significativa na América Latina - na forma espacial da arquitetura e na maneira original de expor as obras de arte, com os visualmente leves cavaletes de vidro - o acervo transparente.
Criou também notáveis exposições como A Mão do Povo Brasileiro sobre o artesanato nativo de alta qualidade artística, cenografias ousadas, figurinos e objetos para o teatro de vanguarda brasileiro.

Aqui está o Polochon, o porco-travesseiro, ou o porco com dois traseiros ou “com duas cabeças“, objeto escultórico cor de rosa, deslizante sobre rodízios e personagem integrante (e remanescente) da cenografia criada por ela para a peça Ubu-Rei, de Alfred Jarry, vulcânico sucesso do Grupo Ornitorrinco nos anos oitenta em São Paulo e vetor da fantasia nonsense, provocadora e revolucionária de Lina Bo.

Lina Bo Bardi - Polochon / objeto escultórico em resina, circa 1980
Foto de Pierre Yves Refalo
publicado por ardotempo às 01:31 | Comentar | Adicionar
Segunda-feira, 25.02.08

O Museu do Sul



Dentro de algumas poucas semanas será inaugurado um esplêndido museu ao sul do mundo, especificamente em Porto Alegre RS, no estado meridional do Brasil.
A Fundação Iberê Camargo abrirá suas portas, com um projeto arquitetônico soberbo (assinado pelo celebrado arquiteto português  Álvaro Siza Vieira), uma  extraordinária qualificação museológica, um acervo denso (a obra expressionista do pintor Iberê Camargo) e a promessa de uma programação de mostras temporárias de alto nível, em obras e artistas contemporâneos e modernos.
Será, provavelmente, o melhor e mais bem equipado museu do Brasil, uma vez que foi pensado para ser dessa maneira e quem o pensou assim, sabia bem como fazê-lo, por experiência anterior acumulada. Vem para instrumentalizar museologicamente a cidade que é a sede da Bienal do Mercosul, no momento a mais organizada e fecunda mostra de arte bienal da América Latina.
O novo espaço museológico da Fundação Iberê Camargo está destinado a ser o mais importante museu de arte contemporânea de Porto Alegre (e do sul do País), não apenas pela sua beleza arquitetônica, pelo seu tamanho, pelos espaços expositivos ou pela excelência de seu acervo; isso tudo conta favoravelmente, porém soma-se a outros aspectos de presença e performance, que irão diferenciá-lo frente aos consumidores culturais.
A beleza arquitetônica simboliza a ampliação nacional e internacional de uma percepção acerca da existência de um movimento cultural-artístico sistemático, sério e profundo na América Latina.
O tamanho do Museu está regido pelo fato específico de ser um projeto dedicado, ou seja, pensado para ser um museu desde sua origem, por um arquiteto especializado no tema, e não uma adaptação ou uma reforma de um edificio histórico, anteriormente projetado para outras funções, como costuma ser o legado de grande parte de nossas casas de cultura.
Seus espaços expositivos foram idealizados e concebidos para a qualidade de sua utilização.
A excelência do acervo está lastreada na presença das obras significativas, de várias fases e na integralidade da obra gráfica de um dos melhores e mais influentes artistas brasileiros.
A Fundação Iberê Camargo vem se notabilizando também por outras atuações originais e sistemáticas. Daí decorre o aumento exponencial de sua importância no cenário artístico nacional. E também a expectativa acerca da futura programação de mostras temporárias.

Fundação Iberê Camargo - Foto de Mário Castello, 2008
publicado por ardotempo às 21:12 | Comentar | Adicionar

Editor: ardotempo / AA

Pesquisar

 

Fevereiro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29

Posts recentes

Arquivos

tags

Links

Vale a pena visitar


Verdes Trigos Cultural

Visitantes

Tradutor Torto

PageRank
eXTReMe Tracker